Estive Pensando...

Hoje sonhei com a minha vó. Sempre que sonho com alguém da família, especialmente a minha vó, acordo com uma sensação mega ruim. Fico meio deprê, querendo só pensar no passado e entregar os pontos de tudo que é difícil... querendo evitar os obstáculos e voltar pro que eu conhecia, pro confortável. Um sentimento derrotista que é uma praga que só.
Logo tive que me mexer, porque só o movimento me tira das idéias tristes e portanto negativas. É difícil aprender a viver no presente e não no passado. Custa.
Mas enfim, fui lá seguir adiante. Olha, são momentos. tem momentos em que você se sente tão bem. E em segundos pode mudar pra incerteza, pra tristeza. nem sei explicar. Deve ser algo como uma TPM eterna. Péssimo. Enfim, agora me sinto bem e me prendo ao sentimento com unhas e dentes. Não quero que passe.
Só sei que comecei a pensar que preciso ser mais positiva. Que estou exatamente onde deveria estar. Que deus me colocou nesse caminho e é nesse caminho que devo seguir. Que ninguém nunca carrega uma cruz mais pesada do que pode carregar. Acho que quando nos falha encontrar respostas, acabamos encontrando respostas em Deus, ou seja, não na razão, que está falha, mas na fé, que é instinto, esperança, força de vontade. Nesses momentos entendo as pessoas que atribuem tudo que conseguiram à Deus. É o que elas tem pra se agarrar, é o que as faz seguir em frente.
Enfim, pensar que estou vivendo o que vivo por uma razão maior me deixa mais tranquila. E é isso que quero. Paz de espírito, equilíbrio, felicidade.

Obrigada a quem tem deixado comentários de apoio. Eles sempre me ajudam, sempre me trazem um sorriso aos lábios; muito obrigada!

Comentários

Tati disse…
Naty,se precisar de mim, estou aqui...
Beijos,
Tati
http://comoagarrarummarido.blogspot.com/
Anônimo disse…
Parece umas das frases do inovador Steve Jobs “Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro. Você precisa acreditar em alguma coisa – na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida.” – discurso durante formatura em Stanford, 2005

Postagens mais visitadas